Luiza Bandeira

Minha foto

Bailarina,coreógrafa,personal training. Criadora do material didático para bailarinos e professores ( Apostilas de Ballet) Premiada em vários Festivais como bailarina e coreógrafa. Luiza Bandeira também atua dando workshops em festivais e como jurada. Formada em pela Escola Estadual de Danças Maria Olenewa, Ed. fisica (Faculdade Plinio Leite), Históra de Dança e da artes, terminologia do Ballet entre outros. Atualmente vive em Mar del Plata Argentina expandindo seu trabalho como professora de ballet clássico, contemporâneo,jazz, alongamento y flexibilidade. Na área fitness atua com classes de Gap,combat, spinner,musculação.também praticante de Artes Marcias Capoeira,  jiu-jitsu e muay thai. Luiza Bandeira dedica seu maior tempo ao estudo do corpo e do movimento aperfeiçoando cada dia mais sua tácnica e seu trabalho.

domingo, 27 de setembro de 2009

Alongamento


Cada um difere de todos os demais no que se refere a força, resistência, flexibilidade e temperamento,
porém, se você conhecer o seu corpo e as necessidades que o animam, será capaz de desenvolver seu próprio
potencial. Atualmente, milhões de pessoas estão descobrindo os benefícios do movimento.
Os alongamentos são elos importantes entre a vida sedentária e a ativa. Mantém os músculos flexíveis e ajudam a
concretizar a atividade vigorosa, sem tensões indevidas.São muito importantes para pessoas que correm, andam de
bicicleta, dançam ou fazem outros exercícios desgastantes, pois, atividades como estas causam tensões e
inflexibilidade. Os alongamentos ajudam na prevenção de lesões comuns, tais como, distensão de canela,
inflamação do tendão de Aquiles em corredores, e ombros e cotovelos doloridos, nos tenistas. É bom saber que os
alongamentos são fáceis, mas quando feitos de forma incorreta, podem fazer mais mal do que bem.

Técnicas Corretas

Não é preciso forçar os limites, não deve ser uma questão de competição ver até onde consegue se alongar.
Os alongamentos devem ser feitos sob medida, conforme a estrutura muscular, a flexibilidade, e de acordo com os
diversos níveis de tensão. O ponto chave é a regularidade com o relaxamento. A redução da tensão muscular promove
movimentos mais soltos, e não um esforço concentrado para conseguir total flexibilidade, que frequentemente conduz
a superestiramentos e a lesões. Fazer alongamento não provoca lesões, é algo pacífico, suas sensações sutis e
revigorantes permitem a sintonia com os músculos. Não é preciso submeter-se a disciplinas, fazer alongamentos
proporciona liberdade. Mas é necessário que se pratique devagar, especialmente no início. Comece de leve e seja
constante. Afinal, não há como entrar em forma no primeiro dia.

Todos podem fazer alongamentos, independente da idade ou flexibilidade.
Não é necessário estar no ponto máximo de condição física, nem possuir habilidades atléticas.
Se você tiver sofrido algum problema físico, uma cirurgia nas articulações e músculos,
ou se vier de inatividade ou vida sedentária, é bom consultar um médico
antes de começar um programa de exercícios ou alongamento.

POR QUE FAZER?

Reduz as tensões musculares e dão a sensação de um corpo mais relaxado
Servem de benefícios para a coordenação
Aumentam o âmbito de movimentação
Previne lesões como distensões musculares, pois um músculo alongado resiste mais às tensões
Facilita as atividades de desgaste como corridas, tênis
Desenvolve a consciência corporal e aprende a se conhecer
Ajuda a liberar os movimentos bloqueados por tensões emocionais e ativanvando a circulação.