Luiza Bandeira

Minha foto

Bailarina,coreógrafa,personal training. Criadora do material didático para bailarinos e professores ( Apostilas de Ballet) Premiada em vários Festivais como bailarina e coreógrafa. Luiza Bandeira também atua dando workshops em festivais e como jurada. Formada em pela Escola Estadual de Danças Maria Olenewa, Ed. fisica (Faculdade Plinio Leite), Históra de Dança e da artes, terminologia do Ballet entre outros. Atualmente vive em Mar del Plata Argentina expandindo seu trabalho como professora de ballet clássico, contemporâneo,jazz, alongamento y flexibilidade. Na área fitness atua com classes de Gap,combat, spinner,musculação.também praticante de Artes Marcias Capoeira,  jiu-jitsu e muay thai. Luiza Bandeira dedica seu maior tempo ao estudo do corpo e do movimento aperfeiçoando cada dia mais sua tácnica e seu trabalho.

domingo, 3 de novembro de 2013

BALLET DE REPERTÓRIO

Balé de repertório, em francês ballet d'action, é o tipo de ballet que contém uma história dentro dele, que é representada através das danças. O balé de repertório precisa contar com um número razoável de bailarinos e coreografias para ser executado. É um conjunto de coreografias querendo contar uma história. Tem um conjunto de passos que deve ser seguido, minuciosamente (apesar de às vezes, o coreógrafo fazer adaptações, que devem sempre ser citadas). Os mais conhecidos são O Quebra Nozes, O Lago dos Cisnes, Giselle, Copéllia, Pássaro de Fogo, Esmeralda, Dom Quixote, etc.
Os balés de repertório contam uma história usando a dança, a música e a mímica. Foram montados e encenados durante o século XIX, e até hoje são remontados com as mesmas músicas e suas coreografias de origem, baseados no estilo da escola que vai apresentá-lo. Seguem tradicionalmente sua criação. No palco se apresentam os grandes bailarinos, o corpo de baiobs: normalmente as sequências de passos não podem ser mudadas. Exemplo: se a cena 1, tem um adágio, não se pode retirar para colocar um alegro.
São obras montadas antes do século XX que são patrimônio da Humanidade.
Essa é uma lista dos mais famosos balés de repertório:

segunda-feira, 3 de junho de 2013

ESPETÁCULO BOTÕES

ESTRÉIA DIA 22 DE JUNHO 
 TEATRO JUAREZ MACHADO EM JOINVILLE -SC 
ESPETÁCULO "BOTÕES" 
BANDEIRA CIA DE DANÇA. 



INGRESSOS À VENDA PELOS TELEFONES : 47-9932-6539/ 9194-4465
EMAIL: luizabailarina@yahoo.com.br

domingo, 17 de fevereiro de 2013


Entrevista para o Mundo da Dança 
c/ Adenis Vieira e Alessandra Regis 
Adenis Vieira, Luiza Bandeira e Alessandra Regis
Circuito Broadway  2012( Festival de Dança de Joinville)


LB: Com que idade vocês começaram a dançar, escolas, estilos, professores, conte um pouco do começo dessa história com a dança.


Alessandra Regis: Comecei a dançar aos 7 anos e... Formada pela escola Escola Municipal de Bailados, estudou o método Royal Academy of Dancing, e fez cursos em outras áreas, fez aulas de moderno, contemporâneo, pas de deux, jazz, sapateado, coreografia, canto e atualmente se dedica ao estilo musical theater, com cursos no Brasil e Nova York.
  Cursos e workshops feitos com renomados professores como: Eduardo Bonnis, Aracy Evans, Luis Arrieta, Toshie Kobayashi, Jair Moraes, Roseli Rodrigues, Luiz Ferron, Ismael Guiser, Fernanda Chamma, Marconi Araujo, Ronnie Keneblewski, Jeff Shade (NY), Diana Laurenson (NY), Joshua Bergasse (NY), Chet Walker (NY)...


Adenis Vieira
AdenisVieira: Inicie com 13 anos na academia Iron Gym já dirigida por Fernanda Chamma que nessa época ministrava aula de clássico e jazz para crianças e adultos,foi tudo muito rápido fiz um teste e ela me chamou pra fazer aulas assim começou minha trajetória na dança. Em seguida estudei na Escola Municipal de Bailados emSP, Também fiz cursos na Broadway Dance center entre outros por lá mesmo. Em 2012 participei do Congresso Mundial de jazz em St Pitttsburgo USA.
Alguns Mestres importantes e principais Professores que tive em minha formação profissional foram: Fernanda Chamma, Francisco Ribeiro, Jair Morais, Valéria mattos, Alexa Gomes entre outros.




LB: Com que idade vocês decidiram que iriam viver da dança? E por quê? Sabemos que até os dias de hoje muitas pessoas consideram a dança como uma diversão e não como profissão. O que levou vocês a seguir está meta e quais foram seus piores momentos no começo da carreira?


Alessandra Regis
Alessandra Regis: Com 14 anos eu comecei a dar aulas de ballet para “baby class” e a ganhar meu dinheiro, era pouco, mas me dava prazer saber que podia fazer o que gostava e ganhar dinheiro com isso. Fui crescendo, estudando, me aperfeiçoando e os trabalhos foram aparecendo... Eu segui esse caminho pq dançar é meu ar !
É difícil dizer “um” momento difícil porque essa é uma carreira muito instável, por isso são vários os momentos difíceis (sem querer desanimar ninguém rs), é preciso estar em ação o tempo todo, estudando, se reciclando, fazendo teste, apostando, investindo... e nem sempre as coisas saem como planejamos, mas quando você faz o que gosta, absolutamente tudo vale a pena !



Adenis Vieira - Hair pray
Adenis Vieira: Eu não sei a idade certa mas creio que logo que me formei no colegial não me via fazendo nada além da dança,não consegui fazer faculdade alguma e continue buscando me profissionalizar,até que entrei na Maurício de Souza e pude ter a certeza que queria viver daquilo,as dificuldades são inúmeras durante todo processo desde a não ter dinheiro pra pegar ônibus até economizar o máximo que passar taxas de espetáculos e figurinos,mas não me arrependo foi fazia sempre com amor e dedicação. 




LB: Com que estilo de dança vocês trabalham? Qual mercado de trabalho se encaixa sua modalidade?


Pernas pro Ar c/ Claudia Raia
Alessandra Regis
Alessandra Regis: Com a chegada dos musicais no Brasil comecei a estudar o estilo, porque a dança dos musicais tem um estilo próprio bem diferente do que estávamos acostumados, atualmente aprendo e ensino “dança para teatro musical”, meu preferido é Bob Fosse, amo !

Adenis Vieira: Hoje me dedico ao jazz,que sempre fui apaixonado e que se encaixa perfeitamente nas grandes produções Musicais e de shows que estão com força no país.





 LB: Circuito Broadway. O que é, como funciona o circuito no Brasil e no Exterior?
Cena de Chicago no Festival de Dança de joinville 2012 -
Ministrado por Alessandra Regis, Adenis Vieira e  Ronnie Kneblewski






Pernas Pro Ar - Alessandra Regis e Claudia Raia
Alessandra Regis: Circuito Broadway é um curso intensivo de teatro musical com aulas de dança, canto e interpretação. O curso serve para que as pessoas conheçam o estilo, e invistam nos estudos. 




Adenis Vieira no musical Cats



Adenis Vieira: O Circuito foi criado para passar aos alunos uma base do que é o Teatro Musical com aulas diversas de canto,dança,interpretação,sapateado etc..O circuito pode ser feito por crianças,adultos e pode ter qualquer duração,vai depender da grade e de onde será organizado,fora do país você encontra essas aulas na Broadway Dance Center ou steps com muito mais facilidade.




LB: Em quais musicais vocês trabalharam? Como foi o processo de seleção? Quais requisitos?



Pernas Pro Ar
Alessandra Regis: Eu fiz alguns musicais não “famosos” porém muito importantes pra mim como “Dia Feliz”, “Dancin”, “Alice no país das Maravilhas” e outros mais conhecidos como “Gaiola das Loucas” e “Pernas Pro Ar”.
Em alguns deles eu fui convidada e em outros, audição mesmo rsrs
Vou falar do “Pernas pro Ar”, fiz uma audição em que fiquei entre as 12 ultimas, mas não passei, 4 meses depois houve uma troca de elenco e fui chamada para outra audição, onde nessa sim, eu passei. Os requisitos são basicamente os mesmos em todos os musicais (cantar, dançar e interpretar), mas nesse em especial como era com a Claudia Raia, tinha que dançar muito e ter estilo Bob Fosse, o que acredito foi meu “green card’ rsrs






Adenis Vieira: Meu primeiro Musical foi Ah..Se eu fosse Bob Fosse(inspirado na obra do Bob Fosse)dirigido por Wolf Maia em 2003,em seguida participei do Musical Fever,ambos coreografados pela Fernanda.Fiquei fora do país um período e no retorno participei como assistente de coreografia do Musical Hair Spray,dirigido por Miguel falabella.Em 2010 participei do Musical Cats pela tf4,esse um processo árduo de audições e ensaios seguido de muito esforço durante o ano pra manter as apresentações limpas e com energia que o musical exige.
Em 2011 ingressei no Musical A Gaiola das loucas como dance captain e swing,também foi bem bacana,tive que aprender todo espetáculo já montado em poucos dias e depois mante-lo limpo e bem ensaiado. Também passei por audição de dança e canto que são os requisitos básicas num musical desse nível.





LB: Como é trabalhar em um Musical? Carga horária, ensaios, preparação, apresentações? Conte como funciona essa rotina.




Alessandra Regis: Tem quem acredite que é tudo uma brincadeira, mas não mesmo, pelo contrário é trabalho duro diário. Os ensaios são divididos no começo por sua técnica, exemplo: das 09:00 as 11:00 aquecimento corporal inicio de tal coreografia, 11:30 as 13:00 almoço, 13:00 as 14:00 aquecimento vocal ensaio com o maestro (aprender tal musica) e assim vai por um tempo e depois aos poucos começam os ensaios em que vai juntando as cenas, coreografias, musicas, entrada e saída de cenário... até ficar tudo pronto. E mesmo depois que o musical estreia os ensaios continuam, sempre temos que passar determinada coreografia ou cena antes do espetáculo, o trabalho não para nunca ! Por isso tem que amar mesmo !





Adenis Vieira - Cats
Adenis Vieira: A rotina é bem puxada geralmente 6 semanas pra se montar tudo com 8 horas diárias de ensaios,quando estréia e fica tudo pronto,temos ensaios para limpeza e dependendo da produção temos duas sessões aos sábados e domingos,então chegamos cedo no teatro e saímos tarde.Tem que procurar descansar quando pode.




LB: Quais as maiores dificuldades encontradas pra essa área de trabalho, o que um artista precisa ter pra conseguir atuar em um musical? Quais as maiores exigências do mercado?



Alessandra Regis: Antes de tudo força de vontade, porque como eu disse antes, não é fácil. E depois as técnicas todas (canto, dança, interpretação, sapateado...). Teatro musical é muito completo, por isso o negócio é estudar !

Regis e Adenis - Ministrando Circuito Broadway 2012 - Festival de Dança de Joinville


Adenis Vieira: Precisa ter foco, estudar muito, pois o mercado está cada vez mais exigente. Cantar, dançar e atuar no mínimo é exigência básica. Há muitos artistas bons porém não é fácil há poucas vagas pra muitos candidatos, tem que ir tentando e se dedicando.





LB: Em 2012, vocês ministraram o Circuito Broadway no Festival de Dança de Joinville, apresentaram 3 pockets, com um grupo de mais de 50 alunos. Como foi essa experiência, Como vocês se organizaram para seleção de bailarinos, cantores, atores?  Quais foram os critérios? Quais foram os pockets apresentados?



Alessandra Regis: Essa não foi a primeira vez que dei um curso pra tanta gente, no mesmo ano ministrei um com 90 alunos. Pra ministrar um curso desses, meses antes do curso começam as reuniões, pra decidir exatamente o que fazer, foram várias reuniões, por isso quando chegamos para o curso já está tudo bem definido. Uma das coisas decididas nas reuniões são os quadros e que personagens vão trabalhar nesses quadros. Para alguns personagens o critério usado foi o biótipo em outros o canto, a dança, sempre pensando no que pede o personagem. Nós montamos trechos de HairSpray, Cat’s e Chicago.

Cats - Circuito Broadway 2012 - de Alessandra Regis - Adenis Vieira e  Ronnie Knblewski

Adenis Vieira: Primeiro fiquei muito feliz com o convite, pois em Joinville pude me apresentar como bailarino diversas vezes e voltar ministrando um curso me deixou muito lisonjeado. Os pockets foram trechos do Musical Cats, Hair Spray, Chicago e da série Glee, a seleção é complicada pois é  pouco tempo para conhecermos a fundo o que o artista tem a mostrar, mas creio que usamos bem o elenco e todos puderam se destacar dentro da proposta. Às vezes um bailarino não canta tanto e vice versa então baseados nisso também separaram as cenas e as coreografias de acordo com cada perfil.




LB: Quais as novidades para 2013?

Alessandra Regis
Alessandra Regis: Continuo ministrando o Circuito Broadway e em Abril vou pra NY fazer mais cursos, me atualizar e voltar com muitas novidades para um novo curso de teatro musical aqui em São Paulo, mas que ainda não foi lançado por isso não posso falar rsrs mas assim que sair eu aviso vocês.



Miguel Falabella,  Simone Gutierez, Alerte Salles e Adenis Vieira
Adenis Vieira: Para 2013 continuo ministrando aulas de jazz na Company Ballet em São Paulo, também alguns cursos já agendados em festivais como Salto fest Dance em setembro.
Não sei ainda se farei algum Musical, mas quem sabe.





LB: Onde nossos leitores podem encontrar vocês, contratar oficinas, cursos, dúvidas?

Alessandra Regis: regisalessandra@ig.com.br
Ou pelo facebook lá tem muitas coisas sobre meus trabalhos


Adenis Vieira: Podem me encontrar no meu facebook Adenis Vieira ou Email adedancer@hotmail.com e estão todos convidados a fazer aula de jazz também.




LB: O que o bailarino precisa ter em seu currículo para ingressar na carreira dos grandes musicais?

Alessandra Regis: A Verdade! Não adianta dizer que fez um monte de coisa, porque no dia da audição tudo será desmentido.

Adenis Vieira e Alessandra Regis

Adenis Vieira: Base na dança (técnica clássica, jazz)noção de canto, interpretação e claro muito disciplina pois sem ela nada funciona.




LB: Deixe uma mensagem especial para nossos leitores:

Alessandra Regis: Estudem, leiam se interessem verdadeiramente pela arte, e principalmente respeitem seus colegas de trabalho! A arte é uma arte!!! Bom trabalho !

Ronnie Kneblewski, Luiza  Bandeira, Alessandra Regis e Adenis  Vieira
Festival de Dança de Joinville 2012 - Circuito Broadway

Adenis Vieira: Queridos leitores espero que seja um ano de muito dança pra vocês e que possamos nos encontrar logo, sigam firmes em seus ideais e quem sabe não nos vemos nos palcos por ai!!? Espero que tenham gostado dessa pequena entrevista que foi feita com muito carinho. Grande beijo!


Luiza Bandeira e o Maestro Ronnie Kneblewski
   Um Beijo especial ao nosso Maestro Ronnie kneblewski , que espero está trazendo em breve p/ nosso site pra falar um pouco do que rola na parte musical dos grandes Espetáculos da Broadway.
  
Obrigado a todos, c/ amor Luiza Bandeira